E agora? Será que o Siri resolve?

A notícia correu mundo há cerca de um ano, quando foi tornado público que um jovem chinês de 17 anos teria vendido um rim com o objectivo de adquirir dois equipamentos da Apple. Um iPad e um iPhone.

Ora sabe-se agora que o cachopo sofre de insuficiência renal e que está condenado a diálise permanente, ao não ser que lhe seja transplantado um rim, transplante para o qual serão necessários cerca de € 27.000. Dado que se trata de uma matéria tão sensível, abstenho-me de emitir opiniões, mas é de censurar toda a envolvente consumista que agora grassa na China e os responsáveis responsáveis por executar a decisão de um puto que condenou permanentemente a qualidade de vida para agora poder ter dois objectos que até já passaram de moda e mais não servem do que simples momentos de ostenção.