Drama conjuntural em castelhano: desemprego.

Foram revelados os números referentes ao desemprego referentes ao terceiro trimestre deste ano, apenas para revelar um aumento que mais uma vez fará tocar os sinos a rebate.

É que a taxa de desemprego espanhola tocava, no fim de Setembro, nos 25%, com 5.778.100 desempregados, segundo números dos Instituto Espanhol de Estatística (IEE). Este organismo refere que os lares em que todos os elementos estão desempregados também aumentou, atingindo este indicador cerca de 1.737.000 pessoas.

Resta ainda referir que nem os trabalhos sazonais de verão, que habitualmente amortecem os números do desemprego nesta altura do ano funcionaram, o que augura números ainda piores para a contagem de Dezembro.