Ataques informáticos custam caro ás empresas

As empresas com implementação na Internet e com informação privilegiada online são cada vez em maior número, o que por sua vez leva a crescimento de ataques cibernéticos a essas mesmas empresas nos diferentes países, provocando perdas estimadas em cerca d 1,6 mil M€ nos últimos dezoito meses.

De janeiro a setembro deste ano, foram contabilizados 594,7 mil acções de phishing. Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, foram os mercados com maior volume de ocorrências neste tipo de fraudes, sendo um dos principais motivos para o aumento do volume de ataques é a adopção das redes sociais.