Microsoft ataca Google no Twitter.

O responsável das Relações Públicas da Microsoft tem publicado vários tweets a acusar a Google de responsabilizar a Microsoft por todos os seus problemas e de não ligar nada à privacidade dos utilizadores.

Os tweets de Frank X. Shaw, responsável das Relações Públicas da Microsoft, começaram depois de uma reportagem do NY Times onde Jill Hazelbaker, porta-voz da Google, critica a contratação de Mark Penn. Este último é conhecido pelo seu estilo aguerrido de comunicação pública e pelas campanhas negativas de comunicação que produz. Hazelbaker explicou que a Google está focada no impacto positivo que pode ter na indústria e «não com a competição».

Shaw viu a reportagem, não gostou e passou ao ataque no Twitter. Os primeiros tweets serviram para convidar a responsável da Google a ter uma conversa, mas rapidamente o tom aqueceu. Num dos últimos tweets, Shaw escreveu que «Hazelbaker diz que a Google não está focada na competição. É melhor avisar o @ericschmidt para que ele não nos culpe de todos os vossos problemas».