Youtube desbloqueado no Paquistão… Por três minutos

Depois de meses a enfrentar críticas pelo bloqueio total, o Governo paquistanês decidiu anular a proibição e anunciou que já tinha tomado medidas para impedir a visualização de conteúdos considerados ofensivos. A libertação durou três minutos, tempo suficiente para se perceber que os conteúdos “blasfemos” continuavam visíveis.

Protestos

O povo do Paquistão está sem youtube desde 17 de Setembro, depois de vários conflitos que houve com um vídeo do profeta Maomé, mas muitos já demonstraram o seu descontentamento por não terem acesso a uma Internet livre e sem censuras.