Julian Assange quer vaga no senado Australiano

O principal criador do Wikileaks, Julian Assange está a concorrer a uma vaga no senado Australiano. A confirmação foi dada pelo próprio através do Twitter.

Assange

 

Quem mais se mostrou animada, foi a mãe, que disse que o seu filho “vai ser incrível” na posição. As eleições estão para acontecer no dia 14 de Setembro, o que dá uma boa margem para fazer a sua campanha.

O grande problema é que Assange vive exilado na embaixada do Equador em Londres e pode ser preso se der um passo fora do edifício, e segundo as leis Australianas, caso ele seja eleito, terá dois meses para entrar no senado, antes que os restantes membros sejam obrigados a escolher alguém novo para ocupar o lugar.