China nega qualquer envolvimento em hacking aos EUA

ws_China_Flag_1920x1200

Depois dos relatos sobre os ciberataques que implicam o governo Chinês, o Ministério da Defesa daquele país nega qualquer envolvimento.

O The Verge indica que o Ministério da Defesa Chinês nega qualquer implicação dos seus militares na ronda de ciberataques aos EUA. O Ministério diz mesmo que a investigação levada a cabo pela empresa de segurança Mandiant tem falhas do ponto de vista científico.

A Reuters indica que o Ministério da Defesa, no seu site, diz que “faltam provas técnicas ao relatório, que só se fia na ligação de moradas IP para chegar a uma conclusão sobre os ataques de hacking originados na China”.

A China diz também que os EUA também estão, eles próprios, envolvidos em ataques de hacking conta a China, “mas não usamos isto como razão para criticar os Estados Unidos”. O país também levanta questões sobre a linha que divide “hacking” de “recolha diária de informação online”.