SIS tenta travar ataques dos Anonymous ao Governo.

8655-anonymous-1920x1080-digital-art-wallpaper

 

O grupo de hacktivistaspoderá lançar um ataque a sites do governo. Os Serviços de Informações de Segurança (SIS) já começaram a investigar.

As autoridades portuguesas estão a preparar-se para um alegado mega-ataque do grupo de hacktivistas Anonymous consiga contra serviços online e sites de ministérios, organismos públicos e grandes empresas.

O alerta tem por base um megaprotesto global contra a austeridade. O ataque estará agendado para o final de fevereiro, refere o Diário de Notícias sem adiantar qualquer data para as ciberhostilidades. Nas pesquisas efetuadas na Internet, não é possível descobrir referências sobre este ataque global.

No blogue dos Anonymous Portugal, há apenas uma convocatória para um protesto nas ruas contra alegados abusos de privacidade e iniciativas que visam reforçar os sistemas de vigilância dos cidadãos, com especial destaque para o projeto europeu INDECT, que visa o desenvolvimento de novos mecanismos de segurança e antiterrorismo.

Face aos primeiros sinais de um possível ataque, o SIS delegou no seu Departamento de Contra-subversão a monitorização de dos Anonymous Portugal. Há mesmo quem garanta que já terão sido arregimentados alguns espiões, que poderão desviar informação preciosa nos chats onde os hackers organizam as suas ações.