Vírus informático ataca vários governos, Portugal está na lista!

O vírus detetado tem como objetivo invadir os computadores de alguns governos europeus. Segundo o que a Reuters apurou junto dos especialistas do laboratório russo Kaspersky e do laboratório húngaro CrySyS, o governo português está incluído, bem como Roménia, República Checa e Irlanda.

Denominado de MiniDuke, o vírus infeta os computadores através de uma falha de segurança detetada no sistema fornecido pela Adobe Systems Inc, através do Reader e do Acrobat.

Vírus

A Reuters dá conta que o MiniDuke também já foi encontrado no sistema informático de uma rede de clínicas de saúde privada nos E.U.A, no instituto de pesquisa da Hungria e ainda em outras instituições com sede na Bélgica e Ucrânia.

vírus circula através de PDF’s infetados que têm como objetivo encontrar tweets com informações específicas, se não encontrarem o pretendido nas contas do Twitter, o MiniDuke está programado para prosseguir o ataque informático através das contas da Google.

Para o responsável pela equipa de segurança informática do CrySyS, Boldizsár Bencsáth, o MiniDuke parace ter sido projetado para a espionagem, mas ainda não foi descoberto o objetivo final do ataque, nem a autoria.

No entanto, devido ao elevado nível de sofisticação, bem como as entidades visadas, o especialista acredita que o autor do ataque pode ser um país, acrescentando que é difícil identificar qual a nação envolvida, esclareceu à Reuters.

Entretanto a porta-voz da Adobe Inc, Heather Edell, revelou que na semana passada a empresa lançou uma atualização de software para o Acrobat e o Reader, que depois de instalada deve proteger os clientes contra o MiniDuke.