Editor da Reuters é acusado de conspirar com Anonymous

O departamento de justiça  norte-americano acusou Matthew Keys, editor da Reuters, de conspiração com o grupo hacker. Segundo eles, o editor de apenas 26 anos tinha entrado em contacto com o grupo para facilitar a invasão do site da KTXL FOX 40.

Reuters

Matthew trabalhou por uns meses como produtor Web, mas chegou a ser demitido, e surgiu então a oportunidade de se infiltrar no grupo hacker para obter a identidade de alguns membros. Entretanto o tempo passou, e foi acusado de ajudar os membros a atacar sites do governo.

Se for declarado culpado pelo tribunal, pode ter que cumprir uma pena de 10 anos, e levar uma multa de até 250 mil dólares.