Justiça travada com providência cautelar

Função Pública

Mais uma vez vemos a justiça ser utilizada em jogadas palacianas. Os sindicatos da função pública apresentaram uma providência cautelar com o objetivo de impedir que o horário de trabalho seja aumentado para 40 horas semanais. A medida, apresentada pelo executivo governamental no último orçamento retificativo visa aumentar o rendimento dos funcionários públicos… Claramente contra a vontade dos próprios.

É caso para dizer que esta gente ainda não se terá apercebido que a máquina estatal é insustentável com os níveis económicos que, ano após ano, vamos mantendo. É já dado consolidado que pequenas economias periféricas com a portuguesa deveriam ser excedentárias para que o Estado consiga cumprir os objetivos keynesianos a que, mais ou menos, nos vamos conformando que são os seus.

Se o Estado é assim tão mau pagador… Passem para o privado e vejam o que é bom para a tosse! Man up, people!