Regras sobre utilização de telemóveis em aviões podem ficar mais flexíveis!

IMG_5669.JPG

Administração Federal de Aviação (FAA) norte-americana divulgou recentemente um comunicado onde reconhece o crescente interesse e necessidade dos consumidores em utilizar os seus aparelhos em viagem, pelo que garante que irá analisar as questões de segurança que envolvem o uso dos dispositivos e a viabilidade de alterar as restrições atuais.

As regras de agora permanecem inalteráveis desde os anos 60, e não acompanharam os avanços tecnológicos, nem tão pouco os científicos. Os estudos mostram que a maioria dos dispositivos não representa quase nenhum risco para os aviões, sendo que as aeronaves estão mais tolerantes, os gadgets mais sofisticados, com sinais mais fracos e muito menos potencial de causar interferência.

A operar-se esta mudança na regulamentação significaria que os passageiros poderiam passar a ligar telemóveis e outros dispositivos na descolagem e na aterragem. As novas regras teriam também uma listagem dos aparelhos permitidos, ampliando esse lote aos e-readers. As chamadas telefónicas continuarão, ainda assim, a ser proibidas.

FAA encontra-se ainda a estudar várias opções, sendo que até o final de Setembro deverá estar concluída uma versão do relatório. O mesmo estudo refere que é necessário “coordenar qualquer nova política com as autoridades reguladoras internacionais”, pelo que será um passo natural o acompanhamento desta mudança pelas autoridades europeias.