Azeite Virgem extra que não é azeite

azeite620

Os parâmteros de definição da qualidade do azeite estão definidos por lei. Estão definidos por lei de forma a serem facilmente observáveis e comprováveis em testes laboratoriais. A DECO, associação de defesa de consumidor, perseguindo o interesse dos seus associados testou as principais marcas de azeite presentes no mercado e concluiu que, pelo menos num caso, em que o produto ostentava a designação de Azeite Virgem Extra, nem sequer de azeite se tratava, mas sim de um conjunto de óleos refinados.

O estudo da Deco avaliou parâmetros como a qualidade e a frescura, através da acidez, do índice de peróxido e da absorção no ultravioleta, tendo sido feita, igualmente, uma prova de degustação e perante as irregularidades encontradas defendeu um aumento de fiscalização por parte da ASAE que já veio a terreiro defender que as irregularidades não põe em causa a saúde dos consumidores.

A Deco adianta que os casos de fraude e de desrespeito da denominação de venda do rótulo foram denunciados à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) para agir em conformidade.