Desenvolvida nova seringa que alerta quando foi utilizada

SERINGa

O Dr. David Swann, da Universidade de Huddersfield, Reino Unido, desenvolveu uma seringa, designada ABC, que vem dentro de uma embalagem cheia de azoto, que assegura que a seringa está esterilizada.Quando exposta ao ar, uma tinta especial no tambor da seringa absorve o dióxido de carbono do ar e, após 60 segundos, o tambor da seringa exibe uma cor vermelha para avisar de que foi “utilizada”.

Segundo a notícia da CNET, a seringa do Dr. David Swann já foi testada na Índia, onde, 2,5 mil milhões dos quase 5 mil milhões de injecções administradas anualmente são consideradas inseguras.

O Dr. David Swann estima que, após cinco anos de uso generalizado daquela seringa, serão evitadas 700000 injecções inseguras e uma poupança das despesas hospitalares na ordem dos 130 milhões de dólares.