Mandar mensagens pela noite fora…

vampingÉ a nova moda que surge da falta de tempo que os adolescentes têm para alimentar os interesses pessoais e que consiste na participação ativa nas redes sociais muito para além da hora de recolher, com mensagens e posts nos mass media digitais. Esta tendência que, como as principais modas nos chegam do outro lado do atlântico surge das agendas sobre carregadas dos mais novos que além da escola têm atividades extra-curriculares e trabalhos de casa. Assim, a única opção que resta será o prolongamento dos dias.

No entanto, noites mais longas significam menos horas de sono, menos atenção na escola, menos descanso do cérebro. Um estudo da Fundação Nacional do Sono, dos EUA, dá conta de que mais de metade dos jovens americanos entre os 15 e os 17 anos dormem, no máximo, sete horas. Menos uma hora e meia do que o recomendado, escrevem. Com os aparelhos eletrónicos que os rodeiam, os investigadores preveem que os adolescentes durmam ainda menos. “Estar nas redes sociais já é uma exigência da vida e, fazendo vamping, é uma forma de manter essa marca”, completa Alice Marwick, professora na Universidade de Fordham University e investigadora na área da internet.

E se os nossos dias tivessem 48 horas?