Citius já permite acesso pleno, mas apenas para novos casos.

CitiusDepois de uma penosa espera, a plataforma do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ) parece estar de novo online e a permitir todos os acessos… mas apenas para processos novos. Todos os 3,5 milhões de processos irão sendo gradualmente repostos à medida que forem resolvidos os bugs da plataforma.

Os processos pendentes, com data anterior a 15 de setembro, poderão continuar a avançar, mas sem recurso à plataforma Citius. Todos os documentos que tenham de ser adicionados a esses processos podem ser entregues em formato digital e posteriormente integrados nos respetivos processos (após a correta migração). Até ao momento o Ministério da Justiça ainda não avançou uma data para que o processo esteja finalizado, comprometendo os prazos dos processos em curso. Também será possível “utilizar o novo sistema para transferir eletronicamente qualquer processo anterior a 1 de setembro, e aí praticar qualquer ato sobre o mesmo”, refere o IGFEJ em comunicado. Esta possibilidade é disponibilizada no caso de ser necessário trabalhar urgentemente sobre um processo que ainda não esteja integrado na plataforma.

Alguém viu por aí a ministra Paula Teixeira da Cruz?