Alívio no preço do petróleo chega às bombas.

Os combustíveis ficaram hoje mais baratos… Bastante mais baratos. 7 cêntimos por litro na gasolina e 3 no gasóleo. Esta queda de valores, pelo menos da GALP configura a maior queda de preços desde a liberalização do mercado ocorrida em 2004, período desde que as quedas de preços não ultrapassavam os 6 cêntimos por litro. Esta queda acentuada reflete, finalmente a descida das matérias primas e a valorização do dólar face ao euro, ocorrida nos últimos dias.

Um posto de combustível da Galp na cidade de Lisboa indicou que a gasolina 95 octanas baixou sete cêntimos para 1,519 euros por litro e que o gasóleo baixou para 1,32 euros por litro. A descida do preço do gasóleo foi de três cêntimos, indicou o mesmo posto de abastecimento. A gasolina destaca-se pela dimensão da queda, mas para os condutores de automóveis a gasóleo – a maioria do parque automóvel nacional é a “diesel” – também haverá uma descida no preço de venda. Tendo em conta a descida de 4,65% no preço médio nos mercados esta semana, face à semana anterior, há margem para que o litro fique cerca de dois cêntimos mais barato comparativamente ao preço actual, atingindo um novo mínimo desde o início de 2011. Nas gasolineiras de referência, o gasóleo está a custar 1,359 euros. Com a descida, este combustível pode ficar 7,3% mais barato que no início do ano, permitindo uma poupança de 5,77 euros por cada depósito cheio (passa a custar 73,65 euros).

Afinal o mercado sempre é algo que se possa confiar… Demora é 10 anos a auto regular-se…