Dilma e Aécio na segunda volta das eleições

eleições brasilOntem votou-se no Brasil. Ainda que as eleições tenham vários cargos e vários níveis a disputa, a eleição mais conhecida é a do Presidente da República, ou não se tratasse o Brasil de um regime presidencialista. Desta feita disputaram o lugar Dilma Russef, Aécio Neves e Marina Silva em representação, respetivamente, do Partido da Terra, do Partido da Social Democracia Brasileira e do Partido Socialista Brasileiro. A grande nota a reter será a perca de popularidade por parte da presidente recandidata e as votações mais expressivas em Aécio e Marina, ainda que esta última não tenha tido votação suficiente para chegar à segunda volta eleitoral, marcada para 26 de Outubro próximo.

Muitos brasileiros violaram neste domingo as leis eleitorais e fotografaram-se junto às urnas no momento de voto durante as eleições presidenciais, legislativas e regionais que decorrem hoje. Alguns eleitores recolheram as suas “selfies” na página da internet “selfienaurna”, alojada no servidor de blogues Tumblr enquanto outros publicaram-nas nas redes sociais.O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), José António Dias Toffoli, afirmou que o tribunal analisará a publicação de “selfies” ainda que a prioridade seja evitar a compra de votos e não coibir a “vaidade” dos eleitores. “O que mais preocupa a justiça eleitoral não é a vaidade, é a situação em que uma pessoa é forçada realizar uma prova de que comprou o voto”, disse Toffoli numa conferência de imprensa.

O que estará reservado para o próximo dia 26?