Ébola chegou a Portugal?

HsjoaoNão. Afinal parece que ainda não é desta. A mulher de 45 anos que ontem foi internada no Hospital de S. João, no Porto, cujas análises à DVE (Doença por Vírus Ébola) foram realizadas no Instituto de Saúde Ricardo Jorge, apresentou resultados negativos. A doente apresentava todos os sintomas da doença e teria estado, até há poucos dias, num país africano em que a doença grassa por estes dias.

Depois de ter chegado ao hospital de S. João de transportes públicos (!) a doença foi despistada segundo o protocolo definido. Lembremos que é nestes pequenos pormenores que reside toda a diferença e que foi por falhas de protocolo que se deram os dois únicos contágios fora do continente africano, um em Espanha e outro nos Estados Unidos, ambos em pessoal de saúde que assistiu doentes de DVE que vieram a falecer.

A DVE é a patologia com a taxa de mortalidade mais elevada do mundo em que 50% dos contágios resultam em morte para o paciente.