Nato escolta aviões russos em espaço Europeu

A NATO escoltou hoje aviões militares russos em espaço aéreo europeu.  Em comunicado, a Aliança Atlântica revela que detetou quatro grupos de aeronaves a realizarem manobras no espaço aéreo dos mares Báltico, do Norte e Negro.

Também no oceano Atlântico foram interceptados pela força aérea norueguesa quatro bombardeiros e quatro aeronaves de reabastecimento.

Destes, seis alteraram as rotas, mas dois bombardeiros continuaram o rumo, o que levou a força aérea britânica a enviar aviões para os escoltar e, mais tarde, os passarem à Força Aérea Portuguesa, já em espaço aéreo nacional.

A NATO diz que os aparelhos russos não tinham apresentado planos de voo, não estabeleceram qualquer contacto com as autoridades de aviação civil e não corresponderam às comunicações, o que “representa um risco potencial para os voos civis”.