Onde estão estes tesouros?

 

Se alguma forma, já estamos habituados aos sonhos fabricados em Hollywood que nos levam, sensivelmente, durante 90, 120 ou, no máximo, durante 240 minutos para outras dimensões. O que não estamos habituados é que alguns desses sonhos são reais e continuam a ser alvo de cobiça do mundo inteiro. Veja então se já se cruzou alguma vez com estes tesouros:

1 –  Cidade inca de Paititi mistura-se com a da mítica El Dorado, uma cidade repleta de ouro perdida na imensidão da floresta sul-americana.

2 – Ovos perdidos de Fabergé. Durante mais de três décadas, Karl Gustavovich Fabergé trabalhou como ourives para a família real russa. Durante esse tempo, fez 52 ovos decorados para o czar e a sua família e outros 15 para compradores particulares. Os ovos, feitos com ouro e pedras preciosas, assemelhavam-se aos típicos ovos da Páscoa.

3 – Patentes de aviação dos irmãos Wright. Podem não ser feitas de ouro, mas as patentes dos irmãos Wright são um verdadeiro tesouro histórico. Orville e Wilbur Wright, ou simplesmente os irmãos Wright, foram dois inventores norte-americanos conhecidos por terem construído com sucesso a primeira máquina voadora mais pesada que o ar. Em 17 de dezembro de 1903, os Wright realizaram um primeiro voo motorizadoe tripulado que, apesar de ter durado apenas alguns segundos, constituiu um passo importante e decisivo na história da aviação.

4 – Colar de Patiala. O colar de Patiala, desenhado pela Cartier em 1928, foi uma peça criada especialmente para o marajá Bhupinder Singh do estado de Patiala, uma localidade no nordeste da atual Índia.

5 – Tesouro de João sem Terra. O rei João de Inglaterra, irmão de Ricardo Coração de Leão, gostava particularmente de “colecionar” joias e peças feitas de ouro. Mas se o rei não teve um fim muito feliz, as suas joias também não.

Prontos para encarnarem o Indiana Jones?