Altice oferece 7 mil milhões pela PT.

Os donos da Cabovisão e da Oni chegaram-se à frente, esta madrugada, para fazer uma oferta de compra aos ativos portugueses da Portugal Telecom. Em comunicado, a empresa francesa fundada por Patrick Drahi, avalia a operação portuguesa da empresa em 7025 milhões de Euros, incluindo a dívida e excluindo a operação em África e a participação na brasileira Oi. Como inclui a dívida, isto significa que a empresa francesa está a comprar o operador histórico de telecomunicações e o outrora gigante mundial das comunicações por cerca de €500M, preço de liquidação total.

A empresa francesa refere ainda que se a proposta for aceite, a transação de dívida financeira e outros ajustes de preço de compra vão ser financiados por dívida nova e dinheiro em caixa da Altice. Na sexta-feira, a Altice já tinha admitido lançar uma oferta pela PT Portugal “em breve”, dizendo que não iam “fazer grandes revoluções no negócio” e que iriam trazer “apenas” as práticas que considerava serem as “melhores”. Dexter Goei, presidente executivo da Altice, garantiu, em entrevista ao Diário Económico, que não quer a PT para “desmantelar a empresa”

Se o governo mantiver o seu papel na garantia de todos os direitos de todas as partes envolvidas, este poderá ser um movimento que poderá beneficiar os clientes portugueses do mercado de telecomunicações.