Primeira aterragem em cometa da história!

Vai desenrolar-se hoje e a ESA (Agência Especial Europeia) propõe-nos seguirmos mais esta odisseia no espaço em direto ainda que se preveja um dia cheio de “lags” de comunicação já que a distância que medeia o cometa Churyumov-Gerasimenko e a Terra é de, mais quilómetro, menos quilómetro, 500.000 de Kms. A nave não tripulada Roseta e o módulo de acometagem Philae começaram a sua viagem em 2004, ano de lançamento e desde aí que têm cumprido sem falhas um plano que culminou no dia de hoje em que se espera ficar a conhecer a superfície do cometa.

A equipa de controlo na Terra terá de esperar sete longas horas para saber se a missão foi bem-sucedida, porque o módulo Philae só iniciará as comunicações quando estiver na superfície do cometa. A partir desse momento o módulo poderá começar a recolher imagens e amostras científicas.”Quando estiver bem ancorado numa gravidade extremamente fraca, [a missão] Rosetta vai começar a escavar a superfície para revelar a complexidade química da superfície do planeta”, disse em comunicado Geraint F. Lewis, professor no Instituto de Astronomia da Universidade de Sidney, na Austrália. “Esperamos encontrar muita água congelada, mas também um caldo de compostos químicos que devem ter caído sobre a jovem Terra. Estes químicos, especialmente a água, podem ter-se mostrado vitais para o aparecimento de vida neste planeta.”

Pode seguir a missão em direto aqui.