Passada a novidade dos drones, chegam os anti drones!

Ainda estão longe de resolvidas as polémicas levantadas em torno dos drones, enquanto armas de guerra não tripuladas, mas a evolução bélica não pára e eis que a Boeing acaba de testar com sucesso um laser especificamente concebido para acabar com eles. Trata-se de um laser que, apontado aos veículos em questão, transforma a energia em calor, destruindo assim as naves inimigas.

O teste decorreu na Florida, no início deste ano, com condições atmosféricas adversas, como vento e nevoeiro. Sabe-se que a empresa conseguiu destruir ou desativar mais de 150 alvos com um laser HEL MD de 10 kilowatts, noticia a Wired.  O laser pode ser carregador com um gerador a diesel, de 60 kW. O sistema usa um telescópio e uma câmara com um campo de visão alargado e tem de ser manobrado por um condutor e por um técnico especializado, com um computador portátil e um comando tipo Xbox.

Todos os exércitos do mundo civilizado vão ter um novo posto: destruidor de drones…