As verdades e mentiras acerca do Pai Natal

Hoje é véspera de Natal, o que, para os mais pequenos significa ser uma noite mágica em que esperam pelas prendas que o Pai Natal ou o Menino Jesus vai trazer, consoante os costumes cristãos estejam menos ou mais arreigados nas tradições familiares, respetivamente, e em que muitos adultos passam ao lado da data ou porque não acham piada ou simplesmente, porque a consideram o corolário da hipocrisia humana. Mas estas realidades ou outras que nos vão sendo trazidas pelos media são franjas da grande festa da família que se vai realizar hoje à noite com viagens mias ou menos heróicas, com presentes para mais ou menos velhos e com mais ou menos bacalhau.

heias de dúvidas, as crianças usam as ferramentas que lhes estão mais próximas — e é aqui que entram as novas tecnologias. Segundo um inquérito feito no Reino Unido, 54 por cento das crianças usam primeiro o Google ou outro portal quando têm uma dúvida sobre algum assunto. Apenas 26 por cento afirmaram recorrer em primeiro lugar aos pais quando querem esclarecer alguma coisa. Ao pesquisar no Google “O Pai Natal existe?”, vários resultados remetem para artigos onde se ensina os pais a contar a verdade às crianças ou como lidar com a desilusão dos mais pequenos. Se experimentarmos a versão inglesa “Is Santa Claus real?”, o resultado é semelhante.

E você, já programou a sua noite de consoada?