Islâmicos espalham o terror em Paris.

O atentado já leva mais de 24 horas. Hoje Paris acordou com todas as notícias de violência hiperboladas em que todos tentavam estabelecer um nexo de causalidade com o atentado perpetrado ontem contra a redação do periódico satírico francês Charlie Hebdo.

A polícia francesa segue a busca pelos dois irmãos Said Kouachi, 34, Cherif Kouachi, 32, identificados como autores do atentado à redação do jornal satírico Charlie Hebdo, em Paris, na manhã de quarta-feira. Conforme avança a CNN, as autoridades do país encontraram o documento de identificação de Said Kouachi, o que ajudou a identificar os responsáveis pelo atentado. A France-Presse diz que os dois supeitos em fuga foram já “localizados” no norte de França. Segundo dá conta a comunicação social francesa, equipas das operações especiais da polícia estão a ser mobilizadas para a região de Crépy-en-Valois, onde os suspeitos estarão escondidos numa casa.

Tratar-se-á de um ato terrorista ou apenas de um crime hediondo?