Tsipras quer reformar a Europa inteira

O novo Primeiro Ministro grego não desarma face aos sucessivos avisos que lhe têm chegado de outros tantos interlocutores, como o ministro alemão das finanças, Wolfgang Schäuble, que veio a público dizer que a Grécia não tem condições para negociar outras condições de assistência.

A Alemanha e a Grécia continuam, assim, a extremar posições em vésperas dos encontros dos ministros das Finanças da zona euro e da cimeira dos chefes de Estado em Bruxelas. De um lado, Wolfgang Schäuble diz que se a Grécia dispensar a próxima tranche “está tudo acabado”. De outro, o ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, que viajou terça-feira para Bruxelas, garantiu em Atenas que quer negociar um novo acordo que não seja “tóxico”, sublinhando que o “memorando acabou”.

E agora Tsipras diz que se lixe a troika… Nós queremos é a OCDE.