México paga para aparecer em filme do 007

A próxima aventura do agente secreto mais famoso do mundo vai ser rolada no México. O país da América Central terá mesmo desembolsado um incentivo de 19 milhões de euros para alteração do guião que permita mostrar aspetos mais positivos da realidade mexicana e acomodar pedidos mais ou menos estranhos, como: “um agente mexicano com papel de destaque, o alvo de um assassinato importante não ser um político do México, a polícia local ser referida como “força especial” e, ‘last but not least’, a presença de uma Bond Girl mexicana – o que aconteceu recentemente, com a escolha de Stephanie Sigman”.

Em entrevista ao Hollywood Reporter, Ioan Grillo, autor e jornalista mexicano especializado em criminologia, acredita que a campanha de reposicionamento da imagem do México através do filme 007 não solucionará problemas como o tráfico de drogas e armas. “O governo tem lutado para mudar a imagem internacional do México para atrair mais investimento e turismo, então estas mudanças no filme não são surpreendentes. Pode ajudar um pouco a melhorar a imagem do país, mas se o governo quer de verdade melhorá-la, deve mudar a realidade e parar os desaparecimentos em massa e os massacres”, afirma.

Pronto para conhecer os novos cenários de Bond, James Bond? A acreditar que o palácio do senado será um dos locais escolhidos, a coisa promete.